Tecnologia do Blogger.

Guia de compra: Ukulele ❤

Por - dezembro 18, 2017


Oi galera 💛 Comprei meu Ukulele e decidi fazer um guia para você comprar seu Ukulele pra ajudar o pessoal que quer ter esse instrumento tão fofo e não sabe por onde começar. LEMBRANDO QUE foi assim que eu comprei meu bebê e recomendo fortemente que siga essas dicas se você está perdidinho como eu estava.

A primeira coisa que você deve fazer é...

Saber que modelo do instrumento você quer. O ukulele tem alguns modelos e eles têm diferenças entre si. Os modelos mais conhecidos são soprano, concerto, tenor e barítono e eu vou falar um pouco sobre cada um deles.
  • Soprano = É o menor dos citados e é o mais tradicional também. Ele tem o volume um pouco mais baixo que os outros (nada que eu achei tão notável assim) e o sustain (o tempo que a nota fica soando no ar) também é menor. Esse modelo é o que tem o som mais característico com ukuleles. É ótimo pra quem tem a mão pequena, que é o meu caso.
  • Concerto = Esse é como um irmão do meio. É maior que o soprano, mas ainda assim menor que o tenor.Tem um pouco mais de volume e sustain que o "irmão mais novo" e é muito mais confortável ao toque pra quem tem as mãos um pouco maiores. O timbre é bem parecido com o do soprano.
  • Tenor = Esse modelo é mais usado por músicos que curtem um dedilhado. É maior que os dois últimos citados e por esse motivo tem um ótimo volume e sustain. Também é o maior dos que tem a afinação tradicional.
  • Barítono = É o maior dos escolhidos acima. O timbre dele se afasta um pouco do timbre tradicional dos ukuleles e a afinação dele também é diferente. Por esse motivo vou falar pouco dele.
Eu fazendo uma notinha pra vocês terem uma noção do tamanho.

O modelo do meu é um soprano
e eu comprei justamente pelo tamanho da minha mão. Eu indico fortemente ou o soprano ou o concerto. O que encaixar melhor na mão, vai na fé. Também queria um com o som mais próximo possível ao dos ukuleles havaianos e isso influenciou a escolha.


Uma comparação do tamanho da minha mão com o instrumento. Sim, tenho mão de criança

Depois de escolher o modelo...

Vamos a marca, baby! Pesquisei os que tivessem um bom custo benefício e fossem bons instrumentos de entrada (instrumentos para iniciante/intermediário). Os que mais se destacaram foram os da marca Kalani, Shelby e Tagima. A descrição delas citava justamente a qualidade dos produtos e o ótimo custo benefício. Disso eu realmente não tenho do que reclamar.

Comprei um instrumento da marca Shelby. Ótimo para iniciantes e intermediários. 

Os instrumentos dessas marcas estão na faixa de R$150 à R$280 reais. Os mais baratos eram os da Shelby e os mais caros eram os da Tagima. Os preço mais altos da Tagima são justificados pelo conhecimento da marca no país. Essa é uma marca já conhecida com as guitarras e por isso fica um pouquinho mais salgadinho o preço. Eu escolhi um Shelby e percebi que a qualidade dele realmente não deixa nada a desejar em comparações aos outros dois.


Meu instrumento veio com o folheto de garantia,caso desse algo diferente do que o anunciado na compra.

Falando em preços.

Falando em preços, decidi destacar fatores importantíssimos. O tamanho e a marca do ukulele influenciam muito em seu preço. Quando você for comprar seu pequeno, se ele for um soprano ele vai ser mais barato que um concerto. Se ele for um Shelby ou um Kalani, ele vai ser mais barato que um Tagima ou um Fender. Varia de acordo com a característica do produto. Como já foi falado, os instrumentos de entrada estão na faixa de R$150 a R$280 reais. 
O meu foi R$170 reais e eu não considerei caro, já que se trata de um produto que vai durar muito tempo e é de boa qualidade. Além disso o meu teve um acréscimo no valor por conta de melhorias que eu coloquei nele.

Trocando em miúdos, os preços ficaram assim:

Shelby, Kalani < Tagima, Fender
Soprano < Concerto < Tenor < Barítono

E por último, mas não menos importante...

Onde comprar?

Quando se trata da compra de qualquer instrumento eu me torno muito chata. Eu gosto de pegar, ouvir o som, sentir a pegada do instrumento, testar tudo. Viro amiga (ou inimiga) de um monte de vendedor por isso. Pra comprar meu filhote eu fui em lojas físicas e pedi pra ver a marca que eu havia pesquisado bem. Tentava tocar um pouco e ver mais ou menos como seria.O som de cada instrumento é único, mas isso servia pra eu ter uma noção do que viria. Depois de muito ligar pras lojas, ir lá e mandar mensagens e etecétera, eu decidi que o melhor lugar para comprar o meu ukulele era o mercado livre. Os preços de lá eram os mais em conta e é um site bem confiável dependendo de com quem você for comprar.
Eu ia marcar o vendedor que eu comprei o meu, mas ele pausou o anúncio. Mesmo assim eu vou deixar dicas para você comprar o seu:
  • Escolha vendedores confiáveis. Veja a reputação do vendedor, se ele é vendedor premium e se os comentários sobre ele são positivos. NÃO DEIXE PASSAR NADA! Pergunte o quanto for necessário envie mensagens constantemente.
  • Se você não liga de comprar um instrumento de segunda mão, opte por grupos de joga pra rolo de instrumentos de sua região. Entre em grupos de instrumentos e veja se não tem nenhum ukulele dando sopa por lá. Lembre de não depositar dinheiro antecipadamente na conta do vendedor porque ele pode tomar chá de sumiço e te deixar no preju. Sem contar as regras básicas de segurança: se encontrar em lugares públicos com o vendedor, não dar nenhum dado pessoal para a pessoa e etc.
  • Se possível leve alguém que conheça um pouco mais de música para testar o instrumento por/com você. Assim vai dar pra confiar mais no que você estará levando para casa.
É isso gente! Espero ter ajudado e logo,logo sai vídeo usando a minha nova aquisição. Lembrem-se de seguir em todas as redes sociais para ficar por dentro do que tem acontecido de novo por aqui. Qualquer dúvida, comente aqui em baixo que eu terei o prazer de respoder. É isso, um grande abraço!

Você também pode gostar de...

21 comentários